A nossa separação...

2.9.16

Eu e a Noa somos muito apegadas uma à outra, até aqui nada de diferente em relação a todas as outras mães, é normal que sejamos apegadas às pessoas mais importantes da nossa vida, os nossos filhos! Desde que a Noa nasceu que nunca estivemos sepradas mais que algumas horas, ela vai para a avó passar o dia e fica lindamente, adora lá estar, mas dormir... dormir ja é outra conversa...

Noa 
Vestido e sandálias - Zara 2015/2016
Mãe
Vestido - Bershka (antigo) • Sandálias - Bohem Soul


Para dormir à noite é a mamã, até há pouco tempo dormia no nosso quarto mas na cama dela, agora ja dorme no quarto dela e até agora tem estado a correr bem. Mas dormirmos em casas diferentes nunca aconteceu, nunca tive essa vontade e só de pensar neste afastamento obrigatório de 3 noites (por ser cesariana) está a deixar-me apreensiva e um bocadinho triste por a sujeitar a esta situação forçada.

Sei que muitas mães irão dizer que não é nenhum drama, que até lhes faz bem, que os seus bebés ja ficaram a dormir nos avós, que já fizeram férias a 2, mas a verdade é que nós ainda não conseguimos, e digo nós porque o pai também ainda não se sente confortável. Tem muito tempo quando crescer a verdade é essa, e também o que resulta para uns não resulta para outros.

Somos pais descontraídos, deixamo-la explorar, fazer, deixamos andar e ver até onde vai, só intervimos quando achamos que se pode magoas ou é estritamente necessário, mas depois no que respeita a esta questão não somos muito flexíveis.

Resumindo, as hormonas já andam a fazer das suas e não posso pensar muito no assunto, tenho que pensar que ela está bem cuidada com o pai e a avó que vem cá ficar a dormir e dar uma mãozinha com ela, e que eu tenho que estar focada no Dinis naqueles primeiros dias. E ela também nos irá visitar ao hospital.

Muitas de vocês me têm enviado mensagem a perguntar o porquê da cesariana, em breve explico tudo e falo-vos dos meus maiores receios com relação ao procedimento,

As fotos foram tiradas pela querida Joana da Love Lab, estas são apenas uma ínfima parte das fotos absolutamente deliciosas que ela nos tirou! Posso dizer-vos que estou encantada com o resultado e que em breve vos falo mais sobre esta experiência que recomendo a todas as grávidas e/ou jovens mamãs! São recordações inestimáveis que vou adorar mostrar à Noa e ao Dinis quando crescerem!
Obrigada Joana ♥ 


You Might Also Like

4 cometários

  1. Que fotos amorosas. Estás uma grávida linda :)

    ReplyDelete
  2. As fotografias estão lindas!
    Parabéns pelo blogue (adoro adoro adoro)!
    Beijinhos e muitas felicidades aos 4, que tudo corra bem na cesariana.
    Beijocas

    ReplyDelete
  3. Quando nasceu o Mateus o Sal tinha 16 meses e também nunca tinha dormido sem nós. Tentamos ao máximo manter as rotinas dele por isso nos 3 dias que estive no hospital (não por cesariana mas perda de sangue)a tia foi dormir lá para casa para dar uma mãozinha ao pai. Também entrei em trabalho de parto já ele estava na cama e acabou por ser menos uma noite para nos preocuparmos.
    No primeiro dia o Sal foi visitar-me ao hospital mas estava cheia de tubos e isso assustou-o, não queria estar ao meu colo, coitadinho. Acabou por não ir mais mas falamos muito ao telefone e a tia lá em casa ajudava a distrair.
    Mas os cliches são todos verdade: nós sentimos mais do que eles, eles adaptam-se rapidíssimo e nunca é tão mau como pensamos.

    ReplyDelete

Go on... make me happy!! ♥
You can also write me to happy-brunette@hotmail.com ;)
Thanks ♥

Like us on Facebook

Flickr Images

FOX life

Subscribe