Welcome back - Happy Brunette

Welcome back

by - 20.9.19

Quando comecei o blog há quase 9 anos, não sabia se ia ser um hobby por 3 meses ou 3 anos... Não comecei o blog com intenção nenhuma, apenas queria um hobby e como gostava de escrever e de fotografia achei que era a maneira ideal de me entreter, falava-se muito pouco sobre blogs, sobre blogosfera e cá em Portugal só haviam 2 ou 3 nomes de peso que o faziam também exclusivamente por diversão, por ser um escape ao seu trabalho (que em alguns casos era também escrever, mas onde não tinham total liberdade criativa), não havia uma única famosa que tivesse um blog, e eu? Eu era então alguém com algum tempo livre e vontade de fazer mais, de  criar um espaço em que eu pudesse mostrar um pouco daquilo que era e que me inspirava, é engraçado que quando comecei nem mostrava a cara... havia um certo receio, isto foi tudo muito antes de o facebook ser como é hoje e de o Instagram entrar em cena.

Recebo dezenas de mensagens a perguntar como é que cheguei aqui, como é que se faz para ser blogger, isto sobretudo nos últimos dois anos, e eu nem me considero nada... há pessoas que em muito menos tempo concretizaram muito mais, cresceram muito mais, mas sim orgulho-me do meu percurso, da minha consistência (não tanto por aqui) mas enquanto presença virtual, de depois de que todas que começaram comigo terem desistido, ou porque perderam a vontade ou porque não dava frutos.

Posso dizer-vos que quando comecei não tinha qualquer pretensão, não achava que ia ser isto ou aquilo, fui das primeiras a comprar domínio próprio, que mantenho e pago desde então, e que hoje é o mais comum, toda a blogger tem o seu próprio domínio, mas na época não era... e parcerias só as tive anos depois de ter começado, as primeiras eram com lojas duvidosas que davam roupa que demorava quase 2 meses a chegar cá fora as vezes que se estraviava... e que trazia etiquetas de lojas que todas conhecemos.

E vocês lêm isto e perguntam, mas e porque é que continuaste? Porque me divertia, porque entretanto conheci pessoas tão porreiras que me acompanharam ou ainda acompanham até aos dias de hoje, porque eu mesma acompanho pessoas desde então, e porque volvidos estes anos todos houve sempre algo em algum momento que me fez continuar, tive momentos mais "parados" em que ficava sem imaginação, sem saber bem que rumo tomar, mas acabava e acabo sempre por arranjar uma solução, ou por surgir uma solução quando eu menos espero.

Sou uma pessoa pro activa, não fico à espera de ver o que vai dar, ando sempre atrás de qualquer coisa (e muitas vezes posso dizer-vos que nem sei bem o que é) mas gosto de ver possibilidade em tudo, sem ver o que pode vir dali, e quando menos esperamos a vida oferece-nos oportunidades. Não consigo estar sossegada, e esta inquietude leva-me a pesquisar e procurar sempre mais.

Actualmente numa era em que toda a gente quer ser blogger/instagrammer/influencer porque "se ganha coisas", porque "é fixe" ou porque querem ter uma vida igual à que vêm no ecrã do telemóvel é difícil responder à pergunta mais feita por estas gerações mais novas...
Como é que posso ser uma blogger / instagrammer / influencer de sucesso?!" e é uma pergunta que tem tantas respostas correctas quanto variáveis. Porque se vocês pegarem em 10 influencers os 10 vos dirão coisas distintas, não há uma fórmula, pode-se falar de

-Trabalho
- Preserverança
- Consistência
- Transparência
- Honestidade

São pontos que fazem parte de ser bem sucedido não só como influencer, mas sim em qualquer trabalho, se vocês pegarem nestas coisas e aplicarem a qualquer coisa que façam serão bem sucedidos, e vocês dizem-me mas há fatores externos, como por ex a pessoa X é lindíssima e tem poder de compra, além disso ainda viaja, é um facto há pessoas priveligiadas, sempre as houve, quem nunca teve uma colega que parece que nasceu num berço de ouro, linda e com a conta bancária recheada? É um facto, acontece, há casos assim, mas os outros todos têm que trabalhar para chegar onde quer que seja, se é fácil? Não é... Eu também desanimo de vez em quando, porque sei que não posso competir com miúdas de 15/16 anos, que já nem lêm, que só vêm fotos e vêm videos no Youtube, esta é a nossa realidade actualmente, e as coisas vão continuar a evoluir, há 5 anos atrás o Facebook estava no auge, actualmente está em declínio (esta é a minha opinião pessoal) e quem usa é uma faixa etária muito mais velha.
O Instagram é o que está a dar actualmente, mas até isso mudou, antes funcionava por ordem cronológica e hoje em dia é o próprio sistema que define o que é importante ou não, e mostra apenas o que considera interessante, é quase injusto como se estivéssemos a jogar um jogo sem saber bem as regras, porque não sabemos como agradar ao algoritmo.

Tudo isto para vos dizer que o que eu sempre amei foi fotografar e escrever, sei que muita gente se assusta com grandes textos e nem passam da 3ª linha, mas à imagem do que estou a fazer no Instagram, vou fazer também aqui, que é regressar um pouco às origens, espero que continuem por aí e que continuem a querer acompanhar-nos nesta nossa nova fase.

Obrigada por estarem desse lado e por nos acompanharem será à 2 dias ou há 9 anos!!
beijinhos

You May Also Like

0 comentários

Go on... make me happy!! ♥
You can also write me to happy-brunette@hotmail.com ;)
Thanks ♥