Os horrores e terrores da gravidez e parto | Gravidez

8.11.14

Fotos das coisinhas da Petit Brunette que já vão morando cá em casa, e que podem ver no Instagram em @happybrunette

Com tanto cor de rosa e coisas fofas (no meu caso) é difícil crer que temos que passar por um processo tão doloroso como o parto para termos as nossas crias no colo... 

Há toda uma necessidade de quem descobre ou vê que estamos gravidas de nos contar como foi a sua gravidez, parto e inicio de amamentação (perdoem-me se algum dia for também assim... se bem que não me parece), e na grande maioria das vezes a gravidez é relatada como uma época de privações, dores e situações constrangedoras de que não vou falar agora e com o qual não concordo, há momentos complicados, há desconfortos mas daí até ser uma fase horrível...
O parto e a amamentação é o culminar de toda a história de terror que nos vão relatando mesmo sem termos perguntado, que cortaram assim e cozeram assado, que dói aqui, dói ali... 

A grávida de primeira viagem começa a interiorizar aquilo, a achar que ter aquela criança que está dentro de si e que foi concebida com tanto amor e tão desejada vai fazê-la passar por um sofrimento tão extremo que nunca mais seremos as mesmas, é certo que sim que nunca mais seremos as mesmas mas mas isso deve-se ao amor imenso que vamos descobrir com aquele ser pequenino que será nosso para sempre!

Claro está que há excepções à regra, que conheço histórias (e próximas até) em que correu tudo lindamente e que me relataram as coisas com naturalidade, sem dramatizações, mas são em muito menor número. 

Devia ser proibido contar histórias de terror a grávidas, histórias que nos marcam, a menos que a intenção seja de a pessoa ir lá aterrorizada e depois de passar pela loucura toda seja para dizer, "ahhh afinal era só isto?" mas ainda assim eu acho que não ajuda em nada, por isso aqui fica um apelo a quem já foi mãe, não assustem as futuras, é que nós já estamos assim para lá de cagadinhas de medo e depois com as coisas que nos contam ficamos horrorizadas!!

Não deve ser um processo fácil o de dar a luz, mas se fosse assim tão tenebroso ninguém repetia a experiência, ninguém tinha  mais que um filho e a natalidade estava nas ruas da amargura por ser um processo irrepetível de doloroso em vez de ser por factores culturais ou económicos como é o caso...

Eu gosto de estar grávida, sinto-me bem, fabulosa até (tirando alguns dias de insanidade em que nada me parece estar arrumado e certo), aliás já aqui disse que espero que esta não seja a última vez que me encontro neste estado de graça, o parto é que dispensava,,, e as histórias de terror também!

You Might Also Like

12 comentários

  1. E deve estar para breve o teu parto. Vai correr bem, tenho a certeza! :D*

    ReplyDelete
  2. Concordo contigo..não sou mãe e estou sempre a dizer que para mim eles vinham dentro de uma caixinha :) só oiço terrores sobre o parto, acho que deve ser uma coisa tão assustadora!! Mas há pessoas e pessoas e tudo depende da nossa disposição (acho eu..) e da nossa forma de ver e sentir as coisas, tenho a certeza que contigo correrá tudo bem :) *

    ReplyDelete
  3. Concordo contigo, também sentia isso na pele quando estava grávida, agora que já passou a minha vez, digo que tudo vale a pena só para os termos nos braços e que é um momento tão marcante e emocionante que por mais dor que tenhas vais recordar sempre com carinho e vais tentar sempre lembrar de cada minuto que é o que me acontece agora :) vai correr tudo bem, vais ver... beijinho

    ReplyDelete
  4. Eu ainda não tenho filhos, mas acredito que não é nada do outro mundo, mas quem já teve (algumas pessoas) tem uma grande necessidade de dramatizar, afinal está indirectamente a dizer: "eu sou muito forte, porque aguentei isto tudo". Não ligues, há-de ser o que tiver de ser, e não há dois casos iguais. Espero que corra tudo bem e aproveita bem o restinho da tua gravidez :)*

    ReplyDelete
  5. Tenho a certeza que vai tudo correr bem! tenho 7 sobrinhos, acompanhei as gravidezes das minhas manas e cunhada de muito perto e foi tudo tranquilo :) As histórias de terror fazem parte, mas raramente acontecem :)

    Um grande beijinho,





    All about Lady Things ♡






    ReplyDelete
  6. Eu pensava assim :) O parto custa, dói mas na altura está tão concentrada em ver a sua filha cá fora que quando acabar, pensa que não foi assim tão mau e fazia tudo de novo um milhão de vezes só pela felicidade de vê-la. Parece cliché mas é indescritível O momento de tê -lá em cima de si e tocar-lhe pela primeira vem. O bom do parto é que é temporário por isso não se preocupe. O mais complexo será a fase seguinte, adaptação ao bebé, suas rotinas, conhece-lo, interpretar os choros, cólicas, arrotar, sono, fome. Mas no fim a balança é sempre muitooo mais positiva. E quando receber o primeiro sorriso enquanto olha para si, o mundo pode desabar... Tudo vale a pena e não precisará de mais nada! Mas acredite que nada como passar por isso para poder comprová -lo, antes disso achamos sempre que "não é bem assim". certamente correrá tudo bem, um beijinho

    ReplyDelete
  7. Confesso que me assusta muito ter de vir um dia a passar por isso, e mais que uma vez, mas uma coisa é certa: vale muito muito a pena. E concordo que não há lógica na quantidade de histórias más sobre momentos de parto, é um terror gratuito que não serve de nada para nenhuma das partes - só para algumas pessoas às vezes se vangloriarem ou aliviarem frustrações. Se formos nós a perguntar sinceramente, tudo bem. Caso contrário, não vejo a necessidade de andar a partilhar histórias tristes. Às vezes parece que desejam secretamente que todas passem a mesma agonia. Acho triste...
    Só sei que este blog está ainda mais fofinho desde a mini-brunette, aqui só entram coisas happy :)

    ReplyDelete
  8. Com dois filhos no colo, sabes qual é a verdade absoluta sobre a maternidade??? Um sorriso e uns bracinhos a pedir colo dão cabo de nós... nunca mais se resiste...

    ReplyDelete
  9. Também tiveste direito a histórias de horror que algumas fazem questão de contar quando vêm uma grávida? Acho que passamos todas por isso. Eu também só tenho coisas boas a dizer da minha gravidez, mas isso já te tinha dito. Acho até que quando estava grávida, os meus ouvidos ficaram selectivos e só ouvi o que achei que me podia ser útil. O resto, ficava em modo off, sorria e acenava com a cabeça, mas não ouvia nada.
    Quanto ao parto, temos de passar por ele. É diferente para todas nós :)
    Já te disse que estás muito bonita?
    Boa semana, e curte esta última fase, porque depois vem uma nova aventura, mas vais adorar.
    Beijos
    http://coeurdartichautbyannabelle.blogspot.pt
    http://instagram.com/annabelle_madeira

    ReplyDelete
  10. A minha gravidez foi fantástica. Fiz tudo até ao último dia e a única coisa menos simpática foi mesmo algum inchaço nas mãos e pés mas sem stress, faz parte. O parto foi santo! Super rápido, zero dor e recuperação fácil. Estar descontraída é meio caminho andado :) vai correr tudo bem! As coisas más que nos contam são MESMO para ignorar. E ter finalmente a bebé no colo é a coisa melhor do mundo

    ReplyDelete
  11. Devia ser proibido contar histórias dessas a grávidas....
    Pela minha experiências e pelas histórias que oiço à minha volta a conclusão que tiro é: sermos e estarmos descontraidas, tanto no parto, como depois com os nossos amores nos braços. Sao tudo momentos que passam, é aproveitar e seguir em frente sem stresses.....
    beijinhos e uma horinha de "10 minutos! Vai correr tudo bem!!

    ReplyDelete

Go on... make me happy!! ♥
You can also write me to happy-brunette@hotmail.com ;)
Thanks ♥

recent posts